O vídeo do webinar “Técnicas comprovadas de renovação do cacaueiro: caminhos para lucratividade” já está disponível no site da Associação Nacional das Indústrias Processadoras de Cacau (AIPC), na área de notícias no item Banco de Mídia.

O evento fez parte do 4º Fórum Anual do Cacau da CocoaAction Brasil, realizado na última quinta-feira, dia 26 de agosto. O evento contou com o apoio do World Cocoa Fundation.

Entre os palestrantes estavam o professor Dário Ahnert, pesquisador sênior no Centro de Inovação do Cacau (CIC), e o produtor Marcos César Souza, diretor-presidente da Coopag. A mediação do debate foi realizada pelo consultor Eduardo Sampaio, da CocoaAction Brasil.

Dário Ahnert disse que discutir a renovação é algo importante não apenas para o Brasil, mas também para o mundo, quando a questão é o aumento da produtividade, uma vez que as árvores antigas são menos produtivas.

“Eu acho que chegou um novo momento da cacauicultura que a gente vai trazer para o cultivo muita inovação”, disse ele, que prevê que dos 600 mil hectares de cacau no Brasil, 200 mil hectares poderiam ser renovados, elevando a produção de amêndoas.

Marcos César Souza apresentou sua experiência com a Fazenda Alto da Prata, em Teolândia, na Bahia, adquirida em 1998. A produção de cacau passou de 30 arrobas por hectare à época para 78 arrobas por hectare no ano passado, renovando cacaueiros em uma área de três hectares. A propriedade tem um total de 20 hectares com plantação de cacau.